2017, ainda estou viva

Eu acho que o que mais me assusta é essa tentativa de voltar, essas primeiras palavras são incrivelmente assustadoras, imagina só montar uma frase inteira e depois uma publicação completa. Eu perdi a prática a muito tempo atrás e não sei se consigo voltar agora, mas me deu tanta vontade, tanta, que eu não sou capaz de descrever o motivo, razão ou circunstância da minha volta, talvez seja por isso que eu não excluo o survive, eu sempre tenho vontade de voltar, mais cedo ou mais tarde, mesmo que seja por um dia ou por um mês, essa vontade sempre aparece. Antes de começar a tentar escrever novamente, eu reservei um tempo para ler as minhas postagens anteriores, e meu Deus, aquilo tudo não se parece nem um pouco comigo, não se parece com a Jackeline de 16 anos (quase 17 hehehe) que passou por maus bocados, não se parece com a pessoa que me tornei, eu mudei muito, muito mesmo.
O QUE ACONTECEU? 2017
Hoje é dia 25 ou seja é NATAL, então desejo as melhores coisas pra vocês!! Já faz mais de um ano que eu não publico absolutamente nada no survive, isso me deixa um tanto quanto deprimida, but, andei navegando por alguns blogs que eu gostava e uns sobreviventes ainda estão de pé e, é extremamente reconfortante. 

Bom, vamos começar falando sobre o que aconteceu na minha vida, como eu disse, mudei muito e um trilhão de coisas me aconteceram, boas e ruins... c'mon

[Perdas]
Todos nós perdemos muito, coisas, pessoas, sentimentos... Mas esse tempo que estive fora, foi particularmente uma sessão de perdas. É difícil para mim falar sobre o que eu não tenho mais, sobre o que a vida me tirou, e provavelmente eu vou estar chorando depois que terminar essa postagem. No final do ano passado, um pouco depois que eu parei de publicar, mas especificamente em Dezembro, eu perdi uma das pessoas mais importantes da minha vida, sabe aquele seu primo favorito? Aquele que você cresceu junto? Aquele que anima as festas de família com você? Então.. o meu, se foi. E eu nunca mais poderei vê-lo novamente, saber disso dói em mim todos os dias. E ao longo do ano eu perdi inúmeras amizades que já faziam parte de mim, sabe? Me parece que esse ano não é um bom ano para mim ter amigos, as pessoas simplesmente estão escorrendo pelas minhas mãos e eu sigo tentando segura-las mais perto de mim. 

[Escola]
Eu terminei de cursar o 2° ano do curso normal (ensino de professores). E pensa numa coisa difícil? Eu me sinto cursando uma faculdade sem estar preparada pra isso. Estudar em horário integral me fez se afastar de muitas pessoas, eu nem tenho mais vida social, minha rotina se resume a uma pilha de trabalhos e poucas horas de sono. E as pessoas continuam colocando suas expectativas sobre mim e isso me frusta demais, eu não quero agradar ninguém, eu só quero ser eu mesma e ficar quietinha na minha. A minha escola pede que eu passe muito tempo com crianças, e é o que eu tenho feito, mas eu sinto falta exclusivamente das crianças da creche que eu fiz estágio no começo do ano, elas são particularmente maravilhosas!

[Conhecendo coisas]
Até agora, eu tenho tido muitas descobertas. Visitei muitos museus esse ano e sem dúvidas o meu favorito foi o museu do amanha, fica aqui no Rj, e sua exposição principal é o Cosmos, sinceramente, é uma sensação incrível, e acho que todas as pessoas deveriam pelo menos uma vez na vida passar por ela. Eu conheci um sarau, aqui próximo de casa, que particularmente se tornou meu lugar favorito para passar umas noites de sábado, dá uma vibe muito boa ouvir poesias, cantar e dançar naquele lugar. Eu também tive o privilegio de ir a bienal do Rj esse ano, eu nunca tinha ido em um evento literário tão grande, fiquei maravilhada, se você tiver a oportunidade de ir, não perca! Também gostei bastante de ir em um evento de kpoppers, acabei finalmente comprando a blusa do meu grupo utt, a qual, quase nunca tiro do corpo. Tem 2 meses que eu visitei a UFRRJ de Seropédica, foi uma experiência muito legal, porque eu nunca nem tinha passado perto de uma faculdade quem dirá do campus, acabou me inspirando a fazer faculdade ainda mais...


Bom, eu não sei se vou publicar com frequência e também não faço ideia se alguém vai ler, but, isso não me incomoda no momento, a única coisa que preciso é do meu cantinho pra falar sobre as  minhas infinitas aleatoriedades. Mas caso alguém esteja lendo, até a próxima! <3 

Nenhum comentário

Postar um comentário

Olar garotada linda e cheirosa ♥
Fico muito feliz com o seu comentário, porém gostaria que seguisse algumas pequenas regras, só pra que não haja nenhum tipo de discussão ❃
----------------------------------------------------
-Use palavrões à vontade, desde que não ofenda ninguém.
- Não comente apenas '' seguindo, sdv?''
-Comente o link do teu blog, irei retribuir assim que der.
Muito obrigada pela visita e volte sempre ♥